“Mas eu sempre soube, que algo aconteceria, que eu faria alguma merda que acabaria me marcando, quem sabe pra sempre.”
— Entardecer

Há 2 dias 0 notas · reblog
“o pensamento de ser alguém na vida
não apenas me apavora
mas também me deixa enjoado.”
Charles Bukowski.  (via endorfinar)

“Eu soube que seria você quem curaria minhas feridas, já na primeira vez em que você me abraçou e toda a dor foi embora de repente. Eu soube que seria você quem iluminaria minha escuridão, já na primeira vez em que olhei no fundo de seus olhos e enxerguei a luz que emanava deles. Eu soube que seria você quem me faria feliz, já na primeira vez em que vi a curva do seu sorriso. Eu soube que seria você quem me traria paz, já na primeira vez em que ouvi sua voz e percebi que ela soou melhor que minha música favorita. Eu soube, desde a primeira vez que te vi, que seria você quem eu amaria até que o sol deixasse de brilhar e a chuva deixasse de cair.”
Julia Sadowski.   (via endorfinar)

“E aquilo foi apenas um estopim
para fazer as lágrimas
rolarem em meu rosto.”
- Milena Reis   (via endorfinar)

“Amor é quando a pessoa vai embora e você senti uma parte indo também.”
Guilherme  (via endorfinar)

“Eu sou um bocado sensível demais…”
Clarice Lispector.    (via sociedadedosfalsospoetas)

“Eu sou um poço de ciúmes.”
Pablo Henrique Dantas.   (via endorfinar)

“(…) Eu me sentia como quem acabara de ganhar o mundo, mas ao mesmo tempo me sentia só mais uma migalha perto das várias outras na galáxia.”
Relatos de Uma Madrugada, Marcos Filipe.  (via 10reais)




“O mundo é redondo e gira por algum motivo. Tudo, tudinho que a gente faz não é em vão. Nosso esforço, nossas recompensas, nosso sofrimento, nossa alegria, nossos tropeços, nossos sorrisos, nossos obstáculos, tudo isso tem um porquê. Ou muitos porquês. Isso agora não importa. O que importa de verdade é o que você faz com os seus sentimentos. Para receber o bem a gente deve fazer o bem. E isso significa cuidar cada ação ou palavra: não faz bem para a alma alimentar sentimentos ruins.”
Clarissa Corrêa.  (via desembarcou)

“Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre. E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor. Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém, e poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto. Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho. Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento. E não brinque com ele.”
Mario Quintana.     (via luisakehl)

“Que o nosso final de semana tenha tudo aquilo que mais precisamos. E que a gente saiba aproveitar as pequenas coisas com amor.”
Clarissa Corrêa.   (via inverbos)


March 11 [...]
Ter vinte e poucos anos não quer dizer nada. Trinta. Quarenta. Quinze. Vinte. Noventa. O que importa, no fundo, é quem você é quando está sozinho. Como você é quando está acompanhado. O que sobra quando a luz apaga. O que resta quando o sol acorda.
+