“Quando leio um livro pela primeira vez, tenho o mesmo prazer que se contraísse uma nova amizade; quando volto a lê-lo, é um amigo que visito.”
Voltaire.  (via atitudes-certas)


“E ela? Bom, ela colecionava palavras que não tinha coragem de usar.”
Aniele Ferreira, palavriou.  (via verbo)

“Eu sei que lá no fundo, há tanta beleza no mundo. Eu só queria enxergar.”
Agridoce.  (via discursei)

“Não é morrer que é ruim, é estar perdido que é ruim.”
Bukowski.  (via endorfinar)


“Entendam ou questionem
mas não finjam que entendem,
texto decorado não é aprendizado.”
Mônaco | 1960  (via endorfinar)

“O inferno são as pessoas.”
Charles Bukowski.  (via verbo)

“Eles matam gente aos milhões nas guerras e dão medalhas por isso. Metade das pessoas deste mundo vai morrer de fome enquanto a gente fica por aí sentado vendo TV.”
Charles Bukowski.  (via 10reais)

“Nos deram espelhos, e vimos um mundo doente.”
Legião Urbana. (via 10reais)



“Eles também brigam, batem portas e saem por aí. Mas voltam rindo da cara um do outro e dizem coisas como “não consigo ficar bravo contigo.”
Gabito Nunes   (via discursei)

March 11 [...]
Ter vinte e poucos anos não quer dizer nada. Trinta. Quarenta. Quinze. Vinte. Noventa. O que importa, no fundo, é quem você é quando está sozinho. Como você é quando está acompanhado. O que sobra quando a luz apaga. O que resta quando o sol acorda.
+